Atendimento ao cliente: 11 2147 3000

Preencha seu e-mail e saiba das últimas novidades da Ragtech em primeira mão:

Licitações

Atendimento Licitações / Governo

A RGT Eletronica Eirelli, empresa especializada na fabricação e distribuição de nobreaks e estabilizadores, fundada há mais de 25 anos, com sede comercial na Capital de São Paulo e unidade fabril em Itaquaquecetuba-SP a fim de suprir as necessidades do mercado em relação a atendimento ao GOVERNO criou um canal específico destinado a órgãos públicos e à revendas que atendem órgãos públicos.

Veja algumas vantagens de se tornar um parceiro RAGTECH:

* Homologação de nossas especificações técnicas em editais:

Dispomos de descritivos técnicos dos nossos equipamentos próprios para a elaboração de editais, além de disponibilizarmos produtos e amostras para homologação a fim de conferir a qualidade e funcionalidade de nossos produtos.

* ATAS para carona – Sistema de Registro de Preços (SRP)

A Ragtech possui várias ATAS de Registro de preços disponiveis para Carona diretamente ou via parceiros, onde disponibilizamos através de consulta, auxiliando na rapidez e custas dos processos licitatórios.

O Sistema de Registro de Preços denominado SRP não é considerado uma modalidade de licitação pública, e sim um acessório a modalidade onde tem por objetivo a intenção de compra futura conforme previsto no artigo 15, II, §1º à 4ºda Lei Federal nº 8.666/93, devidamente regulamentada pelo Decreto 3.931/2001.

As licitações são regidas por legislação especifica, onde destacamos:

Lei Nº 8.666, de 21 de Junho de 1993 (Licitação e Contratos Administrativos), com alterações impostas pelas Leis nºs. 8.883/94, 9.032/95, 9.648/98, 9.854/99 e todas as demais normas que a alteraram.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L8666cons.htm

Lei Nº 8.248, de 23 de outubro de 1991 (Processo Produtivo Básico – PPB), que dispõe sobre a capacitação e competitvidade do setor de informática e automação, e dá outras providencias.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8248.htm

Lei Nº 7.232, de 29 de outubro de 1984, que dispõe sobre a Política Nacional de Informática, e dá outras providencias.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L7232.htm

 

Lei Complementar Nº 123, de 14 de dezembro de 2006 (Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte)

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/LCP/Lcp123.htm

 

Decreto 3.555/2000 – Pregão Presencial

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/D3555.htm

Decreto 5.450/2005 – Pregão Eletrônico

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/decreto/d5450.htm

Decreto 7174/2010 (Informática e Automação)

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Decreto/D7174.htm

Além das legislação especifica citada acima, destacamos em nosso segmento algumas normas que servem para direcionar e qualificar alguns dos equipamentos que comercializamos

Norma Brasileira NBR 14136:2002

http://www.inmetro.gov.br/legislacao/resc/pdf/RESC000229.pdf

(Portaria INMETRO / MDIC número 322 de 21/06/2012)

http://www.inmetro.gov.br/legislacao/rtac/pdf/RTAC001856.pdf

Norma Brasileira NBR 15014: 2003

Esta Norma define os termos e definições para sistemas de alimentação de potência ininterrupta (nobreaks) on-line, interativo e stand-by, que utilizam bateria como fonte de energia armazenada.

Norma Brasileira NBR 15204:2003

Esta Norma fixa as características mínimas exigíveis de segurança e desempenho para conversor a semicondutor – sistema de alimentação de potência ininterrupta com saída em corrente alternada (nobreak) de tensão monofásico, com saída de tensão alternada, com tensão nominal até 250 V em potências de até 3 kVA; destinados a equipamentos eletrônicos, informática e telecomunicações.